Heavy Smasher | Smasher and Loud

Go To Artist Page

Recommended if You Like
Black Sabbath Candlemass Iron Maiden

More Artists From
Brazil

Other Genres You Will Love
Metal/Punk: Heavy Metal Metal/Punk: Speed Metal Moods: Mood: Angry
Sell your music everywhere
There are no items in your wishlist.

Smasher and Loud

by Heavy Smasher

Fundada em meados de 2013 na cidade de Fortaleza/CE, a banda HEAVY SMASHER surgiu com a proposta de executar Heavy Metal Clássico com toques de Hard Rock. Nossas influências passam por Black Sabbath, DIO, Anvil, Iron Maiden e Angel Witch, dentre outras.
Genre: Metal/Punk: Heavy Metal
Release Date: 

We'll ship when it's back in stock

Order now and we'll ship when it's back in stock, or enter your email below to be notified when it's back in stock.
Continue Shopping
available for download only
Share to Google +1

To listen to tracks you will need to update your browser to a recent version.

  Song Share Time Download
clip
1. Heavy Smasher Sound
3:57 $0.99
clip
2. Clash of the Gods
4:06 $0.99
clip
3. Sunrise Rebel
5:13 $0.99
clip
4. Screaming All
3:49 $0.99
clip
5. Heavy Smasher Sound (Demo)
3:42 $0.99
Downloads are available as MP3-320 files.

ABOUT THIS ALBUM


Album Notes
A banda HEAVY SMASHER foi fundada em meados de 2013 em Fortaleza pelos guitarristas Nando Smasher e Diego Quântico (White Sharks – Accept Tribute, ex-Dose Lethal), com a proposta de tocar Heavy Metal clássico, com alguma influência de Hard Rock, sendo que com o passar dos anos a sonoridade da banda variou para algo mais trabalhado, complexo e pesado.
O projeto inicial foi concebido por Nando, co-fundador do festival Eusébio Rock Day, que convidou Diego após este sair do Dose Lethal. A formação inicial foi completada com Bruno Abreu (contrabaixo) e Criss Izzys (bateria). Pouco tempo após a fundação foi necessário que Bruno se retirasse motivos pessoais e Fabio Nogueira entrou para assumir o contrabaixo. Fábio deixou o HEAVY SMASHER em 2014, hoje integrando a banda Violência Sonora, de Pacajus.
Para o seu lugar foi recebido de volta o baixista Bruno Abreu. Neste período as músicas que já estavam compostas por Nando Smasher começaram a sair do papel e foi necessário trazer um vocalista para compor o grupo. Halisson Faustino entrou para valvular o processo de criação deixando sua assinatura na música “Clash of The Gods”. Foi com esta formação que o HEAVY SMASHER começou a compor algo mais sério, com a pessoa de Nando à frente das criações. A banda gravou uma demo para a música “Heavy Smasher Sound” com esta formação.
Em 2014, Halisson Faustino deixou o HEAVY SMASHER e por um tempo a banda foi um quarteto, com Nando assumindo provisoriamente os vocais. Em uma reunião com amigos no bar, Nando conheceu Jarleson Oliveira quando este cantava uma música do Matanza. Sua voz forte e com drive natural era o que Nando procurava para a banda. Feito o convite, Jarleson aceitou prontamente e permanece na banda até hoje.
Vários projetos particulares dos integrantes impediram o HEAVY SMASHER de ser mais ativo em 2015, tendo feito somente poucas apresentações. Em 2016 a banda entra em estúdio para registrar o EP “Smasher And Loud”, com quatro faixas. Insatisfeitos com o resultado, principalmente com a mixagem da bateria, a banda resolve não lançar e engavetar o EP. Neste momento Bruno Abreu se retira novamente incluindo em seu posto Angelo Brandão (Impaled Gods). Neste período, Nando, já afastado do Eusébio Rock Day, criou outro festival, o Rock’Up Festival.
Em 2017 foi a vez da cozinha Angelo e Criss Izzys deixar o HEAVY SMASHER, sendo substituídos por Luís Paulo no baixo e por David Oliver na bateria. A estreia da nova cozinha foi na segunda edição do Rock’Up Festival, em setembro de 2017. Oliver não permanece na banda por muito tempo. Nando convida então para assumir o posto Bruno Rocha, que ingressou em dezembro do mesmo ano. Esta formação permanece até hoje e tem se mostrado a mais estável, entrosada e criativa da história da banda. Em março de 2018 a banda participa de um evento no Casarão Benfica. Por conta de problemas pessoais, duas outras apresentações foram canceladas no período entre maio e junho, sendo que a volta do HEAVY SMASHER aos palcos se deu na terceira edição do Rock’Up Festival em julho de 2018, na mesma noite que tocaram as bandas S.O.H., Asmodeus, Flamenhell (PB), Violência Sonora (do ex-baixista do HEAVY SMASHER, Fábio Nogueira) e Viollen.
Após o lançamento do EP e de sua boa recepção por alguns canais da imprensa, o HEAVY SMASHER se prepara para finalmente gravar seu primeiro full-length ao longo do segundo semestre de 2018. As músicas do EP, com um direcionamento ao Hard Rock, serão regravadas juntamente com novas composições que apresentam um trabalho mais elaborado e complexo de arranjos (nos limites do Metal clássico), algumas inclusive com afinações baixas.

Read more...

Reviews


to write a review