Vitor Ramil | Campos Neutrais

Go To Artist Page

More Artists From
Brazil

Other Genres You Will Love
Brazilian: MPB Brazilian: MPB Moods: Solo Male Artist
Sell your music everywhere
There are no items in your wishlist.

Campos Neutrais

by Vitor Ramil

Genre: Brazilian: MPB
Release Date: 

We'll ship when it's back in stock

Order now and we'll ship when it's back in stock, or enter your email below to be notified when it's back in stock.
Continue Shopping
just a few left.
order now!
Buy 2 or more of this title's physical copies and get 10% off
Share to Google +1

To listen to tracks you will need to update your browser to a recent version.

  Song Share Time Download
clip
1. Campos Neutrais
4:35 $0.99
clip
2. Satolep Fields Forever
3:26 $0.99
clip
3. Labirinto
4:44 $0.99
clip
4. Stradivarius
2:41 $0.99
clip
5. Angel Station
3:43 $0.99
clip
6. Isabel
3:18 $0.99
clip
7. Terra (Tierra)
4:46 $0.99
clip
8. Se Eu Fosse Alguém (Cantiga)
0:59 $0.99
clip
9. Palavra Desordem
6:52 $0.99
clip
10. Duerme, Montevideo
4:43 $0.99
clip
11. Contraposto
3:54 $0.99
clip
12. Ana (Sara)
5:16 $0.99
clip
13. Lado Montaña, Lado Mar
5:00 $0.99
clip
14. Olho D'água, Água D'olho
4:43 $0.99
clip
15. Hermenegildo
6:35 $0.99
Downloads are available as MP3-320 files.

ABOUT THIS ALBUM


Album Notes
O novo álbum de Vitor Ramil, Campos Neutrais, traz no título uma referência ao tratado de Santo Ildefonso, 1777, que definia uma zona neutra entre os reinos de Portugal e Espanha em seus do-mínios na América meridional. Os campos neutrais tornaram-se emblemáticos da condição de fronteira do Rio Grande do Sul e, no imaginário contemporâneo, ficaram associados às ideias de liberdade, diversidade humana e linguística, miscigenação e criatividade.

Campos Neutrais reúne em torno dos violões e vozes de Vitor a percussão do argentino Santiago Vazquez e os metais do Quinteto Porto Alegre (Elieser Fernandes Ribeiro, trompete; Tiago Linck, trompete; Nadabe Tomás trompa; José Milton Vieira, trombone; Wilthon Matos, tuba). Há partici-pações pontuais de Chico César, Zeca Baleiro e Gutcha (vozes) Carlos Moscardini (violão) e Feli-pe Zancanaro (guitarras elétricas). Os arranjos de metais são de Vagner Cunha.
O repertório é composto de quinze canções inéditas de Vitor: oito de autoria própria (Campos Neu-trais; Satolep Fields Forever; Angel Station; Isabel; Palavra Desordem; Duerme, Montevideo; Lado montaña, lado mar e Hermenegildo), cinco em parceria com Chico César (Olho d’água, água d’olho), Zeca Baleiro (Labirinto), Angélica Freitas (Stradivarius), o poeta português Antonio Bótto (Se eu fosse alguém - Cantiga) e o poeta paraense Joãozinho Gomes (Contraposto), além de duas versões para musicas de Bob Dylan (Ana / Sara) e do galego Xöel Lopez (Terra / Tierra).

É o primeiro disco de Vitor Ramil gravado em Porto Alegre (estúdio Audio Porto), com exceção das gravações de Santiago e Moscardini, realizadas em Buenos Aires. As gravações e mixagens ficaram a cargo de Moogie Canazio, que posteriormente mixou o trabalho em Los Angeles, EE.UU. A capa é de Felipe Taborda, com fotos de Marcelo Soares.
O songbook Campos Neutrais traz as transcrições em partituras e tablaturas do repertório do disco feitas por Fabrício Gambogi, texto de Celso Loureiro Chaves e fotos de Marcelo Soares e Guilherme Bragança.

Read more...

Reviews


to write a review